Sexta-feira, 9 de Fevereiro de 2007

O Autismo

 

O autismo é um transtorno definido por alterações presentes antes dos três anos de idade e que se caracteriza por alterações qualitativas na comunicação, na interação social e no uso da imaginação.

DEFINIÇÃO DO DSM-IV-TR (2002)

   O Transtorno Autista consiste na presença de um desenvolvimento comprometido ou acentuadamente anormal da interação social e da comunicação e um repertório muito restrito de atividades e interesses. As manifestações do transtorno variam imensamente, dependendo do nível de desenvolvimento e da idade cronológica do indivíduo.

  Os sistemas de classificação mais utilizados para realizar o diagnóstico são:

    Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders) – DSM-IV, da Associação Americana de Psiquiatria (APA). Em 2002, o DSM-IV foi revisado (DSM-IV-TR), e a categoria “transtornos invasivos do desenvolvimento” passou a ser intitulada “transtornos globais do desenvolvimento”.

  QUADRO 1 – Critérios Diagnósticos para 299.00 Transtorno Autista (DSM-IV-TR).

   A. Um total de seis (ou mais) itens de (1), (2) e (3), com pelo menos dois de (1), um de (2) e um de (3):


(1) Comprometimento qualitativo da interação social, manifestado por pelo menos dois dos seguintes aspectos:
(a) comprometimento acentuado no uso de múltiplos comportamentos não-verbais, tais como contato visual direto, expressão facial, posturas corporais e gestos para regular a interação social
(b) fracasso em desenvolver relacionamentos com seus pares apropriados ao nível de desenvolvimento
(c) ausência de tentativas espontâneas de compartilhar prazer, interesses ou realizações com outras pessoas (por exemplo, não mostrar, trazer ou apontar objetos de interesse)
(d) ausência de reciprocidade social ou emocional

(2) Comprometimento qualitativo da comunicação, manifestado por pelo menos um dos seguintes aspectos:
(a) atraso ou ausência total de desenvolvimento da linguagem falada (não acompanhado por uma tentativa de compensar por meio de modos alternativos de comunicação, tais como gestos ou mímica)
(b) em indivíduos com fala adequada, acentuado comprometimento da capacidade de iniciar ou manter uma conversa
(c) uso estereotipado e repetitivo da linguagem ou linguagem idiossincrática
(d) ausência de jogos ou brincadeiras de imitação social variados e espontâneos próprios do nível de desenvolvimento

(3) Padrões restritos e repetitivos de comportamento, interesses e atividades, manifestados por pelo menos um dos seguintes aspectos:
(a) preocupação insistente com um ou mais padrões estereotipados e restritos de interesse, anormais em intensidade ou foco
(b) adesão aparentemente inflexível a rotinas ou rituais específicos e não-funcionais
(c) maneirismos motores estereotipados e repetitivos (por exemplo, agitar ou torcer mãos ou dedos, ou movimentos complexos de todo o corpo)
(d) preocupação persistente com partes de objetos

   B. Atrasos ou funcionamento anormal em pelo menos uma das seguintes áreas, com início antes dos 3 anos de idade: (1) interação social, (2) linguagem para fins de comunicação social ou (3) jogos imaginativos ou simbólicos.

   C. A perturbação não é melhor explicada por Transtorno de Rett ou Transtorno Desintegrativo da Infância.
 

 

    Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde (International Statistical Classification of Diseases and Related Health Problems) – CID-10, da Organização Mundial de Saúde (OMS).

  QUADRO 2 – Critérios Diagnósticos para F84.0 Autismo Infantil (CID-10).

Transtorno global do desenvolvimento caracterizado por:


a) um desenvolvimento anormal ou alterado, manifestado antes da idade de três anos
b) presença de uma perturbação característica do funcionamento em cada um dos três domínios seguintes: interação social, comunicação, comportamento focalizado e repetitivo


   O transtorno se acompanha comumente de numerosas outras manifestações inespecíficas, por exemplo, fobias, perturbações de sono ou da alimentação, crises de birra ou agressividade.

 

Segundo o DSM-IV-TR, os Transtornos Globais do Desenvolvimento (TGD) caracterizam-se por um comprometimento grave e global em diversas áreas do desenvolvimento: habilidades de interação social recíproca, habilidades de comunicação ou presença de estereotipias de comportamento, interesses e atividades. Os prejuízos qualitativos que definem estas condições representam um desvio acentuado em relação ao nível de desenvolvimento ou idade mental do indivíduo.

   São considerados Transtornos Globais do Desenvolvimento:

Transtorno Autista
Transtorno de Rett
Transtorno Desintegrativo da Infância
Transtorno de Asperger
Transtorno Global do Desenvolvimento Sem Outra Especificação

SINTOMAS DO INDIVÍDUO COM AUTISMO

   Segundo a ASA (Autism Society of American), indivíduos com autismo usualmente exibem pelo menos metade das características listadas a seguir:

1. Dificuldade de relacionamento com outras crianças
2. Riso inapropriado
3. Pouco ou nenhum contato visual
4. Aparente insensibilidade à dor
5. Preferência pela solidão; modos arredios
6. Rotação de objetos
7. Inapropriada fixação em objetos
8. Perceptível hiperatividade ou extrema inatividade
9. Ausência de resposta aos métodos normais de ensino
10. Insistência em repetição, resistência à mudança de rotina
11. Não tem real medo do perigo (consciência de situações que envolvam perigo)
12. Procedimento com poses bizarras (fixar objeto ficando de cócoras; colocar-se de pé numa perna só; impedir a passagem por uma porta, somente liberando-a após tocar de uma determina maneira os alisares)
13. Ecolalia (repete palavras ou frases em lugar da linguagem normal)
14. Recusa colo ou afagos
15. Age como se estivesse surdo
16. Dificuldade em expressar necessidades - usa gesticular e apontar no lugar de palavras
17. Acessos de raiva - demonstra extrema aflição sem razão aparente
18. Irregular habilidade motora - pode não querer chutar uma bola, mas pode arrumar blocos

 

   OBS.: É relevante salientar que nem todos os indivíduos com autismo apresentam todos estes sintomas, porém a maioria dos sintomas está presente nos primeiros anos de vida da criança. Estes variam de leve a grave e em intensidade de sintoma para sintoma. Adicionalmente, as alterações dos sintomas ocorrem em diferentes situações e são inapropriadas para sua idade.


 COMPORTAMENTOS DO INDIVÍDUO COM AUTISMO
   (Segundo a ASA)

 
Usa as pessoas           Resiste a mudanças   Não se mistura        Apego não apro-
como ferramentas        de rotina                  com outras crianças  priado a objectos




Não mantém contacto    Age como se fosse      Resiste a algumas  Não demonstra medo
visual.                         surdo.                        aprendizagens.        de perigos.


Resiste ao contacto         Comportamento indiferente
fisico.                              e arredio.




CONDIÇÕES QUE PODEM ESTAR ASSOCIADAS AO AUTISMO:

       Acessos de raiva
       Agitação
       Agressividade
       Auto-agressão, auto-lesão
           (bater a cabeça, morder os dedos, as mãos ou os pulsos)
       Ausência de medo em resposta a perigos reais
       Catatonia
       Complicações pré, peri e pós-natais
       Comportamentos autodestrutivos
       Déficits de atenção
       Déficits auditivos
       Déficits na percepção e controle motor
       Déficits visuais
       Epilepsia
           (Síndrome de West)
       Esquizofrenia
       Hidrocefalia
       Hiperatividade
       Impulsividade
       Irritabilidade
       Macrocefalia
       Microcefalia
       Mutismo seletivo
       Paralisia cerebral
       Respostas alteradas a estímulos sensoriais
           (alto limiar doloroso, hipersensibilidade aos sons ou ao toque, reações exageradas à luz ou a odores, fascinação com certos estímulos)
       Retardo mental
       Temor excessivo em resposta a objetos inofensivos
       Transtornos de alimentação
           (limitação a comer poucos alimentos)
       Transtornos de ansiedade
       Transtornos de linguagem
       Transtorno de movimento estereotipado
       Transtornos de tique
       Transtornos do humor/ afetivos
           (risadinhas ou choro imotivados, uma aparente ausência de reação emocional)
       Transtornos do sono
           (despertares noturnos com balanço do corpo)


   SÍNDROMES CROMOSSÔMICAS OU GENÉTICAS:

       Acidose láctica
       Albinismo oculocutâneo
       Amaurose de Leber
       Desordem marfan-like
       Distrofia muscular de Duchenne
       Esclerose Tuberosa
       Fenilcetonúria
       Galactosemia
       Hipomelanose de Ito
       Histidinemia
       Neurofibromatose tipo I
       Seqüência de Moebius
       Síndrome de Angelman
       Síndrome de Bourneville
       Síndrome da Cornélia de Lange
       Síndrome de Down
       Síndrome fetal alcóolica
       Síndrome de Goldenhar
       Síndrome de Hurler
       Síndrome de Joubert
       Síndrome de Laurence-Moon-Biedl
       Síndrome de Landau-Kleffner
       Síndrome de Noonan
       Síndrome de Prader-Willi
       Síndrome da Talidomida
       Síndrome de Tourette
       Síndrome de Sotos
       Síndrome do X-frágil
       Síndrome de Williams


   INFECÇÕES ASSOCIADAS AO AUTISMO:

       Caxumba
       Citomegalovírus
       Herpes simples
       Pneumonia
       Rubéola
       Sarampo
       Sífilis
       Toxoplasmose
       Varicela

 

O quadro de autismo não é estático, alguns sintomas modificam-se, outros podem amenizar-se e vir a desaparecer, porém outras características poderão surgir com a evolução do indivíduo. Portanto se aconselham avaliações sistemáticas e periódicas.

   É fundamental o investimento no SER HUMANO com autismo, toda a intervenção produzirá benefícios significativos e duradouros.

   Nunca deixe de acreditar no potencial do indivíduo com autismo.


tags:
publicado porImage and video hosting by TinyPic Especiais e Excepcionais às 19:00
link do post | comentarImage and video hosting by TinyPic | ver comentários (4) | favorito

Eu...

Julho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Diferenças Recentes

O Autismo

Diferenças em Arquivo

Julho 2008

Março 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Agosto 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

tags

todas as tags

blogs SAPO